A implantação da regulação de vagas na Atenção Secundária em saúde bucal no município do Rio de Janeiro

Paulo André de Almeida Junior

Resumo


Em alinhamento com a Política Nacional de Saúde Bucal, a fim de qualificar a organização da atenção em saúde bucal em todos os níveis de atenção e considerando a Atenção Primária como ordenadora do cuidado, a Coordenação de Saúde Bucal do Município do Rio de Janeiro optou, em 2011, por inserir as vagas da Atenção Secundária no Sistema de Regulação.  Este trabalho tem por objetivo relatar a experiência da implantação da regulação das vagas da Atenção Secundária em Saúde Bucal no Município do Rio de Janeiro.  


Palavras-chave


Regulação; Saúde Bucal; Serviços de Saúde

Texto completo:

PDF

Referências


Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Coordenação Nacional de Saúde Bucal. Diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal. Brasília, 2004. Acesso em 17 de junho de 2019. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_nacional_brasil_sorridente.htm

Brasil. Ministério da Saúde. Gabinete do Ministro. Portaria nº 599, de 23 de março de 2006. Define a implantação de Especialidades Odontológicas (CEOs) e de Laboratórios Regionais de Próteses Dentárias (LRPDs) e estabelecer critérios, normas e requisitos para seu credenciamento. Brasília, 2006. Acesso em 17 de junho de 2019. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2006/prt0599_23_03_2006.html

Souza GC, Lopes MLDS, Roncalli AG, Medeiros- A, Clara-Costa IC. Referência e contra referência em saúde bucal: regulação do acesso aos centros de especialidades odontológicas. Rev. salud pública. 17 (3): 416-428, 2015.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico 2010. Brasília, 2010.

Rio de Janeiro. Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil. Plano Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, 2010 – 2013. Rio de Janeiro, 2009. 153p.

Starfield B. Atenção primária: equilíbrio entre necessidades de saúde, serviços e tecnologia. Brasília: Unesco, Ministério da Saúde; 2002.

Brasil. Ministério da Saúde. Gabinete do Ministro. Portaria nº 1.559, de 1º de agosto de 2008. Institui a Política Nacional de Regulação do Sistema Único de Saúde – SUS. Brasília, 2008. Acesso em 19 de junho de 2019. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/prt1559_01_08_2008.html

Pinto LF, Soranz D, Scardua MT, Silva IM. A regulação municipal ambulatorial de serviços do Sistema Único de Saúde no Rio de Janeiro: avanços, limites e desafios. Ciência & Saúde Coletiva, 22(4):1257-1267, 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.